Nesta sexta-feira (14), o superintendente médico do Cruzeiro, Daniel Baumfeld, relatou o trabalho que vem sendo feito por toda a comissão técnica e os jogadores, na prevenção de lesões, fazendo questão de ressaltar que, no Campeonato Mineiro, nenhum atleta do atual elenco celeste teve uma lesão muscular. E destacou que o clube vai seguir tomando todos os cuidados possíveis na prevenção de problemas de ordem física na Copa do Brasil e na Série B do Brasileiro.

“A gente tem uma coleta de dados precisa, feita pelo nosso time em conjunto. E os números também foram claros. Nos mostraram uma incidência muito baixa, tanto das lesões traumáticas, que são aquelas que a gente não controla, quanto daquelas que podemos tentar prevenir, que são as musculares. No Campeonato Mineiro, não tivemos nenhuma lesão muscular. E não tivemos lesões traumáticas em que houvesse um fator impeditivo, com o atleta ficando fora dos treinos ou jogos por um período maior”, afirmou Daniel.

Segundo ele, uma das chaves para o sucesso do departamento médico é a “segmentação do grupo, entre indivíduos que precisam de atenção mais importante, e os que estão liberados para trabalhar sem nenhuma restrição”. “E também, na preparação, todos os atletas respeitam os exercícios de fortalecimento”, disse.

Os cuidados, por sinal, vão além do dia a dia na Toca II. “Todos entendem que precisam gerir carga, adaptar o sono, adaptar a alimentação, melhorar toda a condição familiar dos atletas. Porque os atletas felizes, com certeza, trazem um ambiente muito melhor. Isso é o que está acontecendo, com a integração entre todas as áreas e todos os ambientes, para que a gente consiga gerir todas as atividades dos atletas na Toca da Raposa, nas partes de saúde, performance, técnica e tática”, comentou.

Cruzeiro

Elenco do Cruzeiro não sofreu baixas por graves lesões na temporada