Um dos maiores ídolos da história do Atlético faz aniversário nesta segunda-feira (10). Autor de 112 gols em 227 jogos com a camisa alvinegra, o atacante Diego Tardelli completa 36 anos, ainda com muitos objetivos no Galo.

O primeiro deles é convencer a diretoria e a comissão técnica de que merece ter contrato, que se encerra no dia 31 de maio, renovado pelo menos até o final da temporada.

No início de fevereiro, Tardelli passou pela mesma situação. Na ocasião, com uma redução nos vencimentos do atleta, as partes estenderam o contrato por mais alguns meses, a fim de dar a oportunidade de o atacante mostrar serviço.

Lembrando que o Diego perdeu a maior parte da temporada passada, em razão de uma grave contusão no tornozelo direito. Quando retornou, teve poucas chances com o técnico Jorge Sampaoli, que o escalou em apenas dois jogos.

Entretanto, uma lesão muscular na coxa direita, sofrida no início de março, fez com que o camisa 9 atuasse apenas nas duas primeiras rodadas do Estadual, marcando dois gols. 

Recuperado, Tardelli foi acionado nas três últimas partidas, sendo titular na última delas, contra o Tombense, no último sábado, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro.

O atacante não balançou as redes, mas apresentou nítida evolução física e tática, conseguindo participar mais ativamente das jogadas.

Concorrência e títulos

Caso renove com o Galo, Tardelli terá a missão de vencer uma forte concorrência para conseguir atuar com regularidade nas partidas.

No momento, o técnico Cuca vem formando o trio ofensivo com Savarino, Keno e Hulk.

Além do próprio Tardelli, o comandante alvinegro frequentemente aciona Eduardo Vargas, Eduardo Sasha, Marrnoy e Sávio, exponde o grande leque de opções que tem para o setor.

Por fim, além de ganhar mais minutos em camp, Diego tenta ajudar o Galo a aumentar sua sala de troféus. Pelo Alvinegro, Tardelli conquistou os títulos do Campeonato Minero (2010, 2013 e 2020), a Copa Libertadores (2013), a Copa do Brasil (2014) e a Recopa Sul-Americana (2014).

Além das conquistas, o atacante é o 15º maior artilheiro da história do Galo, com 112 gols.