Ídolo recente da torcida do Cruzeiro, Marcelo Moreno tem o futuro incerto no clube estrelado. Com contrato até o fim de 2022, o boliviano não tem tido espaço com o técnico Felipe Conceição.

Nesta temporada, o atacante participou apenas de cinco dos 15 jogos disputados pela Raposa, sendo apenas dois como titular. Ele marcou um gol.

Moreno não atuou nas últimas três partidas da equipe, sendo que na mais recente, contra o América, na semifinal do Campeonato Mineiro, nesse domingo (9), o ele sequer ficou no banco de reservas, por opção do técnico Felipe Conceição.

O último jogo do centroavante foi em 18 de abril. Na ocasião, Marcelo Moreno foi acionado no segundo tempo da derrota por 1 a 0 para o Pouso Alegre, no Sul de Minas, pela 11ª rodada da fase de classificação do Estadual.

A contratação de Bissoli, que chegou na semana passada, e já foi acionado no segundo tempo contra o Coelho, em detrimento a Moreno, foi outro fator que deixou claro que o “Flecheiro”, no momento, está no fim da fila por uma vaga no ataque.

Mesmo antes da nova contratação, Conceição vinha optando em deslocar Rafael Sóbis e William Pottker - jogadores que normalmente atuam pelas beiradas do campo - centralizados, ao invés de escalar um centroavante de ofício.

Mudanças no elenco

Além de dar várias mostras de que não é um entusiasta do futebol de Marcelo Moreno neste momento, o comandante da Raposa afirmou depois da eliminação para o América, sem citar nomes, que o elenco estrelado vai passar por mudanças.

“Agora, vamos começar a pensar no elenco da Série B, começar a fazer os ajustes, para que a gente fique cada vez mais forte. Os atletas que chegarem ou que saírem é dentro de uma análise do que é melhor para o Cruzeiro", afirmou Conceição.

A revelação de que mudanças vão ocorrer no elenco para a sequência da temporada, aliada ao alto salário para os atuais padrões do Cruzeiro, que está sendo pago a um jogador pouco utilizado, aumentam as chances de o centroavante deixar a Toca da Raposa II.

O boliviano tem mercado no futebol brasileiro e sul-americano, o que lhe daria opções para atuar com mais regularidade no segundo semestre.

Somando as três passagens pelo Cruzeiro, Marcelo Moreno soma 130 jogos e 49 gols. Pela Raposa, conquistou os títulos do Campeonato Brasileiro (2014) e do Mineiro (2008, 2014).