Substituto de Cuca no comando do Atlético à beira do campo, uma vez que o treinador precisou cumprir suspensão, o auxiliar e irmão do técnico, Cuquinha, definiu o empate em 1 a 1 com o La Guaira, nesta quarta-feira (21), na Venezuela, como decepcionante.

Em sua entrevista após o duelo, ele reconheceu que o Galo só encaixou seu melhor jogo no segundo tempo, com a entrada de Zaracho, autor do gol alvinegro nesta estreia na Copa Libertadores. 

“(O Zaracho) entrou bem. No segundo tempo tivemos muita posse de bola. Criamos várias oportunidades. Em jogo como o de hoje, a única coisa que não se esperava era sair atrás. Vai se perdendo a confiança com o passar do tempo. Empatamos e criamos oportunidades para vencer. E não vencemos. Mas não tem que ficar lamentando. É trabalhar e melhorar a parte ofensiva. Não adianta criar 30 chances e fazer um gol”, analisou.

E afirmou que Cuca já deve ter feito suas anotações, visando ao próximo duelo do time na competição, na terça-feira (27), às 21h30, diante do América de Cali, no Mineirão.

“O treinador viu o jogo de cima. Ele que escala. O time melhorou no segundo tempo. O começo da partida foi muito ruim. Não adianta ficar lamentando. Não adianta chorar leite derramado e ficar dando murro em ponta de faca. Temos é que trabalhar. Viemos com o propósito de conseguir três pontos, somar o maior número possível (no grupo) e classificar. Estamos tristes com o resultado. Falta muita coisa ainda”, disse.