A derrota por 1 a 0 para o Pouso Alegre, no último domingo (18), no estádio Manduzão, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro, impediu que o Cruzeiro garantisse a classificação antecipada à semifinal do torneio.

Na terceira posição, com 17 pontos, a Raposa precisa de um triunfo sobre o Patrocinense, neste domingo, às 16h, no Mineirão, no encerramento da fase inicial do torneio, para avançar à próxima fase sem depender de outros resultados.

Caso não vençam a Águia, os azuis correm o risco de serem ultrapassados por Caldense (15 pontos), URT (16 pontos), Pouso Alegre (15 pontos) ou Tombense (17 pontos), que aparecem logo atrás na classificação. Os dois últimos, inclusive, se enfrentam em duelo direto por uma vaga na semi, em Tombos. 

Se o time celeste encara o confronto no Gigante da Pampulha como uma decisão, a equipe do Alto Paranaíba, derrotada para a URT, na última rodada, vive cenário oposto.

Com 10 pontos, na 10ª posição, o CAP não tem mais risco de rebaixamento, já que Boa Esporte e Coimbra, somam apenas cinco pontos, e já tiveram o descenso decretado.

Caso vença a Raposa, o Patrocinense pode ganhar uma posição, a do Uberlândia, nono colocado, com 11 pontos.

Entretanto, a fim de objetivos maiores na disputa, o CAP não tem mais ambições. Longe do G-4, a Águia também não consegue alcançar o Athletic, oitavo colocado - com 13 pontos e duas vitórias a mais que o CAP – atualmente o último classificado ao Troféu Inconfidência, que vai reunir os que terminarem entre a quinta e a oitava posição.

Com isso, o Patrocinense já mira a Série D do Campeonato Brasileiro, com a fase de grupos marcada para ter início no dia 5 de junho. A Águia está no grupo 6 da competição, ao lado de Uberlândia, Caldense, Boa Esporte, Ferroviária-SP, Rio Branco VN-ES e Águia Negra-MS.

Mudanças no time

Para o importante confronto com o CAP, o Cruzeiro não vai poder contar com o atacante Rafael Sóbis, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Pousão.

O centroavante Marcelo Moreno, utilizado no segundo tempo do duelo no Manduzão, é o mais cotado para entrar no onze inicial.

Outra opção é o atacante William Pottker, que, assim como o volante Jadson, volta a ficar à disposição após cumprir suspensão em Pouso Alegre.

Já a Águia não vai poder contar com o lateral-direito Ferrugem, expulso diante da URT, e com o meio-campo Íkaro, advertido com o terceiro cartão no mesmo jogo.