A derrota por 1 a 0 para o Pouso Alegre, neste domingo (18), no estádio Manduzão, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro, encerrou uma sequência de cinco jogos sem derrota do Cruzeiro.

Diante do Pousão, a equipe celeste teve atuação discreta, pouco produziu, e não conseguiu reverter o placar quando sofreu um gol no primeiro tempo.

Em entrevista coletiva, após o confronto, o técnico Felipe Conceição criticou as condições do gramado.

“Campo ruim, atrapalhou muito nossa performance. Nossos atletas não conseguiram ditar o ritmo de jogo como a gente está acostumado. Até tivemos o controle, mas não conseguimos colocar o jogo no nosso ritmo. Ficou um jogo mais devagar por causa do campo. Muita dificuldade para a gente conseguir trocar passes rápidos. Isso gera muito erro de passe”, disse o comandante da Raposa.

O revés também pôs fim a uma série de cinco partidas sem sofrer gols, e de quatro balançando as redes pelo menos uma vez.

Entretanto, mesmo com o insucesso no Sul de Minas, Conceição isentou os jogadores, citando outros fatores que teriam atrapalhado a atuação do time neste domingo. 

“Fazia tempo que a gente passava um jogo em branco. As circunstâncias do gramado atrapalharam muito a nossa questão ofensiva, apesar do controle, apesar da gente criar situações até claras de fazer o gol. Não vejo que foi um demérito dos atletas. E sim do campo. Você ter uma assertividade na finalização com um campo como esse, realmente é difícil. Os atletas suportaram bem, o adversário achou um gol em uma bola, e o resto do jogo se portou pra defender”.

Fora da curva

O treinador da Raposa também fez questão de valorizar a evolução da equipe desde o início da temporada, considerando atípico a derrota para o Pouso Alegre.

“A gente está numa numa segunda fase, uma manutenção da equipe, de um crescimento coletivo, individual. Estamos conseguindo. Hoje foi um ponto fora da curva muito pelo contexto do jogo, não só do campo, mas do desgaste, da viagem, da sequência, enfim. Situações que são difíceis até você cobrar o atleta”.

Com 17 pontos, o Cruzeiro ocupa a terceira colocação na tabela. Na última rodada, a equipe celeste vai encarar o Patrocinense, no próximo domingo, às 17h, no Mineirão.

Uma vitória no Gigante da Pampulha garante o time celeste nas semifinais do Mineiro sem depender de outros resultados.