Com apenas um ponto marcado nos últimos nove disputados no Campeonato Mineiro, que chegou a liderar com o Atlético, e vindo de uma classificação sofrida à terceira fase da Copa do Brasil, diante do Ferroviário-CE, nos pênaltis, o América encara o Coimbra, lanterna do Módulo I, neste sábado, às 17h30, no Independência, para afastar a crise e tentar a classificação antecipada às semifinais do Estadual.

Um dos destaques do futebol brasileiro na temporada 2020, quando perdeu o título da Série B para a Chapecoense no saldo de gols e foi semifinalista da Copa do Brasil, caindo apenas diante do campeão Palmeiras, após eliminar Corinthians e Internacional da competição, o Coelho não consegue corresponder às expectativas.

E o fato de disputar a partir do final do mês que vem a Série A do Campeonato Brasileiro preocupa, pois o objetivo maior no ano é permanecer na elite.

América

Cavichioli foi de vilão a herói na partida passada do América, na Copa do Brasil

Arrancada

Uma das explicações para a queda de rendimento é que Lisca já perdeu sua melhor peça defensiva, o zagueiro Messias, vendido ao Ceará, e praticamente não tem contado com o atacante Ademir, referência ofensiva, pois ele teve uma lesão e tem interesse em se transferir para o Palmeiras, mas a proposta paulista não agradou ao Coelho.

De toda forma, o restante do grupo de 2020 segue no clube. E o América ainda não engrenou. Neste sábado, vitória sobre o Coimbra rebaixa o adversário ao Módulo II e pode até garantir o América na próxima fase do Campeonato Mineiro dependendo de outros resultados.

Para que a classificação seja uma realidade, além de vencer, o Coelho terá de contar com duas dessas três possibilidades: derrota do Tombense e pelo menos empates de Caldense e URT.

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA X COIMBRA

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Anderson, Eduardo Bauermann e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Bruno Nazário, Felipe Azevedo e Rodolfo.Técnico: Lisca

COIMBRA
Luiz Felipe; Filipi, Diogo Henrique, Augusto e Lucas Hipólito; Gustavo Crecci, Thomás (Rafael Freitas) e Marquinho; Igor, Bruno Rocha e Rafhael Lucas. Técnico: Eugênio Souza

Horário: 17h30
Local: Independência (Belo Horizonte)
Motivo: 10ª rodada da fase classifiocatória do Módulo I do Campeonato Mineiro
Arbitragem: Wanderson Alves de Souza, auxiliado por ricardo junio de souza e Leonardo Henrique Pereira
Transmissão: Premiere