O Cruzeiro entrou em campo nesta quarta-feira (14) com dois objetivos em um: obter a classificação à terceira fase da Copa do Brasil e demonstrar um futebol de qualidade para provar que o triunfo em cima do Atlético, no último domingo (11), não foi mero acaso – embora tenha surpreendido até mesmo os torcedores da Raposa. Missão dada, missão cumprida!

Apesar de um primeiro tempo sem brilho, o time celeste teve uma performance de alto nível na segunda etapa, marcou um gol com Matheus Barbosa e poderia ter feito mais, pois não faltaram oportunidades para construir um placar mais elástico. No entanto, a meta foi alcançada, e a vitória por 1 a 0 fez os comandados de Felipe Conceição avançarem na competição.

Além disso, o clube receberá R$ 1,7 milhão de premiação por ter conseguido a vaga na próxima fase.

Agora, o Cruzeiro volta suas atenções para o Campeonato Mineiro. Vice-líder, com 17 pontos, visita o Pouso Alegre, no domingo (18), às 11h, no Manduzão, pela décima rodada.

O jogo

O primeiro tempo esteve longe de ser uma partida de alto nível, técnica e taticamente falando. Do lado celeste, carência de qualidade no último passe. Já o América-RN tinha na individualidade de Elvinho a maior parte de seu repertório. O equilíbrio, por baixo, imperou, e o empate sem gols perdurou até o intervalo.

O Cruzeiro voltou com uma postura mais agressiva para a segunda etapa, criando oportunidades com Marcinho, Sóbis e Airton. E nem passava dos 15 minutos. Enquanto isso, do banco de reservas, Felipe Conceição reclamava bastante da arbitragem.

O Dragão também teve sua tentativa. No entanto, Fábio esteve atento, cresceu diante de Caxito, aos 21, e salvou a Raposa. Só que o Cruzeiro continuou em cima, e, aos 36, Rômulo acertou a trave. No lance seguinte, enfim, os azuis chegaram ao gol, com Matheus Barbosa. Merecido, por tudo aquilo demonstrado na etapa complementar.

Cruzeiro

AMÉRICA-RN 0 X 1 CRUZEIRO

AMÉRICA-RN
Samuel; Everton Silva, Ian Carlo, Alisson e Peri; Juninho (Beto), Felipe Guedes e Elvinho (Geovani); Romarinho, Caxito (Luan) e Wallace Pernambuco. Técnico: Evaristo Piza

CRUZEIRO
Fábio; Cáceres, Ramon, Weverton e Matheus Pereira; Adriano (Matheus Neris), Matheus Barbosa e Marcinho (Rômulo); Airton (Pottker), Bruno José (Felipe Augusto) e Rafael Sóbis. Técnico: Felipe Conceição

DATA: 14 de abril de 2021
ESTÁDIO: Arena das Dunas
CIDADE: Natal
MOTIVO: Segunda fase da Copa do Brasil
ARBITRAGEM: Jefferson Ferreira de Moraes, auxiliado por Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha. Trio de Goiás
CARTÕES AMARELOS: Geovani (América-RN); Adriano, Sóbis (Cruzeiro)
GOL: Matheus Barbosa aos 37 minutos do segundo tempo