A festa tomou conta dos jogadores do Cruzeiro ao fim do clássico desse domingo (11). A vitória, por 1 a 0, sobre o Atlético teve um gostinho similar ao de um título, como ficou evidente na comemoração e também por tudo que se falou a respeito do favoritismo do Galo. Além disso, representou um momento de desabafo.

O meio-campista Rômulo destacou que o time celeste “trabalhou com a boca fechada” durante a preparação para o duelo válido pela nona rodada do Campeonato Mineiro e mereceu sair de campo com o triunfo.

“Do outro lado, eles (Atlético) falaram bastante. Mas graças a Deus, com trabalho, dedicação, humildade e pensando só na gente, conseguimos a vitória. Temos que comemorar”, esbravejou à TV Cruzeiro.

Porém, com o discurso de “pés no chão”, ressaltou que ainda há um longo caminho pela frente. “Saber que não construímos absolutamente nada ainda, mas devagarzinho vamos atingir nossos objetivos", disse.

Cruzeiro