O técnico Cuca assumiu 100% da culpa pela derrota do Atlético para o Cruzeiro, por 1 a 0, neste domingo (11), no Mineirão, pela nona rodada do Campeonato Mineiro. Em sua entrevista coletiva, após o duelo no Gigante da Pampulha, o treinador pediu desculpas à Massa.

"Torcedor do Galo deve estar querendo passar para dentro da TV para me pegar, com toda razão. Eu, se estivesse no lugar dele, estaria p*** do mesmo jeito, pelo favoritismo, não falado por nós, mas pela imprensa, e pelo investimento que temos. E dentro de campo, aconteceu o contrário. A culpa é minha, ninguém jogou bem. Não é culpa dos jogadores; é do treinador”, afirmou.

E reconheceu que o Cruzeiro foi merecedor da vitória. "Se você for julgar de maneira fria, o adversário mereceu vencer, porque foi eficaz em uma das duas ou três oportunidades que teve e fez o gol. Disputou o jogo numa intensidade muito grande depois do gol", disse.

Ao mesmo tempo, insinuou que o oponente cometeu muitas faltas no meio-campo como uma estratégia. "Jogo muito faltoso, Cruzeiro matou as jogadas sempre que tentávamos sair em velocidade. Não é uma coisa ilegal no jogo. Mas foi truncado em função disso”, comentou.

No fim das contas, afirmou que não é hora apenas de lamentações, mas, sim, de trabalho. “É horrível essa derrota, mas temos que tirar lições disso. Se tivermos esse tipo de atitude, a comando meu, não vamos ganhar nada. A partir desse jogo é que vou dirigir meu trabalho", declarou.

Atlético