Assim como na Série A do Brasileiro, a Segunda Divisão também adotará o limite de treinadores. Um clube poderá utilizar até dois técnicos na edição. E cada treinador poderá comandar até duas equipes na competição.

O acordo foi aprovado em votação envolvendo os 20 clubes participantes do torneio, nesta quinta-feira (25).

Se um time da Segundona demitir dois treinadores, poderá efetivar funcionários do clube para a função, desde que o profissional esteja no mínimo há seis meses na agremiação.

Cruzeiro

Na última temporada, o Cruzeiro utilizou quatro treinadores, sendo que três deles disputaram a Série B, no caso, Enderson Moreira, Ney Franco e Felipão. Adilson Batista foi demitido antes do torneio.

Atualmente, o clube conta com Felipe Conceição no cargo, e o treinador tem o apoio da diretoria celeste.

Cruzeiro