Uma das principais revelações da base do Cruzeiro nos últimos anos, o lateral-esquerdo Matheus Pereira trava uma disputa com Alan Ruschel por uma vaga entre os titulares, neste início de temporada.

Após iniciar os quatro primeiros jogos da era Felipe Conceição no banco de reservas, sendo acionado durante as partidas, Pereira ganhou a oportunidade de iniciar jogando no último domingo (14), quando o time celeste venceu o Athletic por 1 a 0, no Mineirão, pela 4ª rodada do Campeonato Mineiro.

Após a primeira chance no onze inicial com o atual técnico, Matheus, de apenas 20 anos, vê como positiva a disputa com o ex-jogador da Chapecoense, até então reforço de maior renome contratado, e ser mantido entre os titulares.

“É uma disputa muito saudável. Disputamos posição, mas creio que isso é bom para o Cruzeiro. Se eu tiver bem e ele também, só ajuda ao Cruzeiro. O professor (Felipe Conceição) me deu a oportunidade no último jogo, fiquei feliz e espero sempre ajudar o Cruzeiro”, disse o lateral, em entrevista às mídias oficiais do time, divulgada nesta sexta (19).

Aos 31 anos, Ruschel chegou ao clube celeste credenciado pelo título da Série B com a Chapecoense, em que conquistou como capitão da equipe. 

Valorizado no mercado, a Raposa, mesmo em situação financeira delicada, conseguiu vencer a disputa com outros times do Brasil e do exterior e trazê-lo para Belo Horizonte. 

Adversário marcante 

Além da rivalidade histórica, o América, adversário deste domingo às 16h, no Independência, pela 5ª rodada do Estadual, desperta boas lembranças em Matheus Pereira. Foi diante do Coelho que o lateral fez sua primeira partida pelo time principal da Raposa.

Alçado ao time principal pelo técnico Enderson Moreira, em meio ao desempenho ruim dos demais jogadores da posição durante a temporada, Matheus Pereira debutou com a camisa celeste em 29 de agosto de 2020.

Na ocasião, o jogador foi acionado no segundo tempo da vitória do Alviverde por 2 a 1 sobre a Raposa, em duelo da 6ª rodada da Série B.

O revés não abateu Matheus, que foi ganhando confiança durante a competição, se firmou no time e foi uma das poucas peças que se salvaram na fraca campanha do Cruzeiro no torneio.

No segundo turno, inclusive, com Matheus Pereira de titular, a equipe celeste deu o troco no América, vencendo por 2 a 1, em pleno Independência. 

Agora, já com 30 jogos no currículo, Pereira busca novamente convencer um treinador de que merece ser o dono da lateral esquerda do time estrelado.

Leia Mais:
Faltam 29 dias: Niginho arrasa Atlético, emprestado pelo Vasco
Marcelo Moreno é convocado pela seleção boliviana para a disputa de dois amistosos
Inimigos íntimos: velhos conhecidos do América, 'Felipes' são trunfos do Cruzeiro para o clássico