Rivais históricos e postulantes às primeiras colocações na classificação do Campeonato Mineiro, América e Cruzeiro duelam neste domingo (21), às 16h, no Independência, pela 5ª rodada da competição. O confronto no Horto será o primeiro após os embates de grande repercussão disputados nos últimos meses.

Na atípica temporada 2020, o equilíbrio marcou os duelos entre o Coelho e a Raposa. Nos três confrontos entre as equipes no período, houve uma vitória para cada lado, além de um empate.

Fim de tabu

Se no Campeonato Mineiro a partida terminou empatada em 1 a 1, em encontro pela primeira fase, sem grandes emoções, na Série B o cenário foi o oposto.

Ao bater o Cruzeiro por 2 a 1, em 29 de agosto, pela 6ª rodada do Brasileiro, o América encerrou um jejum de 25 jogos e mais de quatro anos sem vencer um clássico mineiro. De quebra, também encerrou um hiato de mais de 18 anos sem triunfos sobre a Raposa no Mineirão.

Na ocasião, os comandados de Lisca levaram a melhor com gols do zagueiro Eduardo Bauermann e do meia-atacante Matheusinho. Arthur Caíke, de falta, descontou para os azuis.

Polêmicas

Já o jogo da volta, disputado no Independência, em 2 de dezembro, pela 25ª rodada do campeonato, foi marcado por polêmicas de arbitragem. No confronto em questão, o América reclamou muito da atuação do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva. 

O Coelho alegou que Dewson deixou de marcar um pênalti para o Coelho e assinalou uma penalidade inexistente a favor da Raposa.

A partida terminou com o triunfo da equipe celeste por 2 a 1, com gols de Rafael Sóbis e Manoel, com o zagueiro Anderson descontando para o Alviverde. O triunfo deu um respiro ao time celeste, que lutava para se afastar da zona de rebaixamento, e atrapalhou os planos do América, postulante à liderança da competição.

Além da rivalidade, acirrada pelos duelos recentes, os dois times fazem um confronto direto pelas primeiras colocações do Estadual. Com duas vitórias, um empate e uma derrota, o Cruzeiro ocupa a quarta colocação na classificação, com sete pontos.

O Coelho, por sua vez, é o vice-líder do torneio, com nove pontos somados até o momento.

Leia Mais:
Faltam 31 dias: Cruzeiro elimina o Atlético no quinto sucesso seguido em mata-matas contra o rival
Faltam 31 dias: Atlético vence clássico, chega à final do Estadual e tira chance de tetra do rival