Foi no sufoco, mas o Cruzeiro conseguiu a reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando no estádio Castelão, a Raposa venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0, na noite desta sexta-feira (8), pela 33ª rodada da competição.

O gol do time celeste saiu logo aos quatro minutos do primeiro tempo, com William Pottker. O atacante aproveitou boa trama de Giovanni e Airton e apareceu na pequena área para estufar as redes dos donos da casa.

Entretanto, logo aos cinco minutos da etapa final, Pottker quase se transformou no vilão da partida. Ao receber dois cartões amarelos em dois minutos, o camisa 11 foi expulso e deixou a equipe celeste com um a menos até o final do jogo.

Valente e contando com a pouca inspiração ofensiva do Bolívia Querida, que desperdiçou várias oportunidades de gol, o time comandado pelo técnico Felipão conseguiu segurar a vantagem e encerrou uma série de quatro jogos sem vencer no Brasileiro.

Tabela 

Com a vitória, o Cruzeiro chegou aos 44 pontos, ganhou duas posições e assumiu a 11ª colocação na tabela de classificação. O Sampaio Corrêa, por sua vez, chegou à quinta derrota seguida e permaneceu com 45 pontos, agora em nono lugar.

Na próxima rodada, a Raposa vai receber o Oeste, lanterna da competição, na quarta-feira (13), às 21h30, no Independência. Dois dias antes, o Sampaio enfrenta o Botafogo-SP, às 19h15, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

FICHA DO JOGO

SAMPAIO CORRÊA 0 X 1 CRUZEIRO

Motivo: 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 8/1/2020 (sexta-feira)
Local: Castelão
Cidade: São Luís (MA)
Arbitragem: Paulo Henrique Schleich Vollkopf, auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz e Cicero Alessandro de Souza, todos do Mato Grosso do Sul
Cartões amarelos: Eloir (Sampaio Corrêa); Machado e Fábio (Cruzeiro)
Cartões vermelhos: William Pottker e Giovanni (Cruzeiro)
Gol: William Pottker aos 4 minutos do primeiro tempo

SAMPAIO CORRÊA
Gustavo; Joazi (Roni), Joécio, Daniel Felipe e João Victor (Eloir); André Luiz, Vinícius Kiss (Jackson) e Marcinho; Roney, Caio Dantas e Robson (Diego Tavares)
Técnico: Léo Condé

CRUZEIRO
Fábio; Raúl Cáceres, Cacá (Paulo), Ramon e Matheus Pereira (Patrick Brey); Adriano, Filipe Machado e Giovanni (Jadsom Silva); Airton (Marcelo Moreno), William Pottker e Rafael Sóbis (Welinton)
Técnico: Felipão