Além de lidar com a má fase do time em campo, a diretoria do Cruzeiro terá que administrar nos próximos dias uma situação delicada envolvendo seu principal investidor e a comissão técnica.

Após a derrota por 2 a 1 para o América, na noite deste sábado (29), no Mineirão, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o empresário Pedro Lourenço, principal investidor da Raposa no momento, fez duras críticas ao técnico Enderson Moreira.

Um dos proprietários do Supermercados BH - patrocinador máster do clube celeste - inclusive, afirmou que vai pedir a demissão do treinador junto ao presidente Sérgio Santos Rodrigues.

" Vou cobrar ele (Sérgio Santos Rodrigues), vou ligar para ele, e tem que tomar atitude. Eu o apoiei e não vou deixar de apoiar. Não sou o presidente. Se eu fosse o presidente, eu mandava o técnico e a comissão técnica embora hoje. Não é amanhã não", afirmou Lourenço, em entrevista à rádio Super. 

A derrota para o Coelho marcou a quarta partida consecutiva da Raposa sem vitória, sendo três pela Série B (duas derrotas e um empate) e uma pela Copa do Brasil (mais um empate).

" Se tem um técnico, tem que ter ao menos um esquema de jogo. Não tenho nada contra o Enderson Moreira, só vi ele uma vez. Mas é muito fraco", voltou a criticar o empresário, que também é conselheiro do clube. 

O presidente Sérgio Rodrigues, que teve Pedrinho como um de seus principais apoiados na recente eleição ao cargo, agora terá que lidar com a situação delicada.

Se demitir Enderson Moreira, pode deixar transparecer que Pedro Lourenço tem poder de decisão no clube.

Caso opte pela manutenção do treinador no cargo, poderá desagradar o principal investidor do clube.

Prestígio no clube  

Lourenço integrou o conselho gestor que administrou o Cruzeiro entre a renúncia do ex-presidente Wagner Pires de Sá, em dezembro de 2019, e a eleição de Sérgio Santos Rodrigues, em maio.

Apesar de ter deixado o conselho ainda em janeiro, Pedro Lourenço continuou com bastante prestígio nos bastidores do clube e também com grande parte dos torcedores.

O empresário foi responsável por ajudar o clube a quitar diversos débitos, inclusive alguns que tramitavam em ações da Fifa, em que a Raposa seria punida desportivamente se não realizasse os pagamentos.

Como reconhecimento pelos serviços prestados, Pedro foi homenageado na última terça-feira, com o Raposão de Ouro, honraria máxima da instituição.

Em meio às críticas de parte da torcida, e agora do principal investidor do clube, Enderson Moreira, passa a pensar no próximo adversário da Raposa na Série B.

O time celeste vai buscar a reabilitação no torneio contra o Brasil-RS, na próxima quarta (2), às 21h30, no estádio Bento Freitas, em Pelotas, pela 7ª rodada da competição.  

Na 14ª colocação na tabela, com quatro pontos, o Cruzeiro soma seis vitórias, dois empates e duas derrotas sob o comando de Enderson.