Fabrício Bruno não é mais jogador do Cruzeiro. A rescisão do contrato do zagueiro com a Raposa foi publicada no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, no fim da tarde desta terça-feira (14).

Para liberar o defensor, que agora está livre no mercado, o Cruzeiro deverá receber uma compensação financeira e manter um percentual dos direitos econômicos do atleta.

Fabrício também retirou a ação que movia contra o clube estrelado – que girava em torno de R$4 milhões – como parte do acordo para a rescisão do contrato.

O jogador, inclusive, teve o pedido de liminar para a rescisão unilateral do contrato indeferida pela Justiça do Trabalho.

A tendência é que Fabrício Bruno, que vai completar 24 anos no próximo dia 12 de fevereiro, siga para o Bragantino, que negociava com a Raposa antes mesmo dos trâmites que selaram a saída do atleta da Toca da Raposa II.

Formado nas categorias de base do Cruzeiro, o zagueiro deixa o clube após ter disputado 34 partidas com a camisa celeste. 

Fabricio Bruno