O técnico Tite já revelou ter 16 nomes definidos na lista final para a disputa da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. E, se ainda há dúvidas sobre as sete vagas restantes, o treinador tem só uma semana para fechar a convocação final, a ser divulgada na segunda-feira (14), data limite estabelecida pela Fifa.

O início da contagem regressiva, inclusive, foi marcado por uma ótima notícia. Principal jogador da Seleção, o atacante Neymar publicou nesta segunda (7), nas redes sociais, um vídeo no qual realiza “embaixadinhas” com ambas as pernas no gramado do Centro de Treinamento do Paris Saint-Germain.

“Deus transforma choro em sorriso, dor em força, fraqueza em fé e sonhos em realidade. Foco no objetivo”, escreveu ele em outra postagem.

Liberado pelos médicos para iniciar a recuperação física após cirurgia no pé direito realizada no início de março, em Belo Horizonte, o craque havia se reapresentado na última sexta-feira (5). Na ocasião, o próprio clube divulgara imagens do jogador fazendo exercícios de fisioterapia e musculação.

Filipe Luís

Além do camisa 10, Tite ganhou ainda outro “reforço” – ou dor de cabeça. Menos de dois meses após uma fratura na perna direita, o lateral-esquerdo Filipe Luís voltou a disputar uma partida como titular do Atlético de Madrid (derrota por 2 a 0 para o Espanyol), no último domingo (6).

Ao contrário de Neymar, porém, Filipe Luís não era um dos nomes garantidos antecipadamente na lista, apesar de ter sido o mais convocado por Tite para a reserva de Marcelo. Durante a ausência do jogador, foram chamados Alex Sandro (Juventus) e Ismaily (Shakhtar Donetsk).

Segundo o próprio técnico, têm presença certa na Copa os seguintes atletas: Alisson e Ederson (goleiros), Marquinhos, Miranda e Thiago Silva (zagueiros), Daniel Alves e Marcelo (laterais), Casemiro, Paulinho e Fernandinho (volantes), Renato Augusto, Philippe Coutinho e Willian (meias), Neymar, Gabriel Jesus e Roberto Firmino (atacantes).

Amistosos

A divulgação da lista definitiva com 23 jogadores para a Copa do Mundo será realizada no dia 14 de maio, às 14h, na sede da CBF.

Após a convocação, a Seleção Brasileira ainda fará dois amistosos preparatórios, contra Croácia (dia 3 de junho, em Londres), e Áustria (10 de junho, em Viena).

A estreia do Brasil na busca pelo hexacampeonato mundial está marcada para 17 de junho, diante da Suíça, em Rostov.