Raí, o novo diretor-executivo de futebol do São Paulo, não descarta a possibilidade de ter Lugano em seu departamento no ano que vem. O zagueiro uruguaio fez sua despedida como atleta na última rodada do Brasileirão e teve conversas com o ex-dirigente Vinicius Pinotti sobre uma chance de continuar no clube em outro cargo. O zagueiro não tomou uma decisão sobre o futuro de sua carreira.

Perguntado sobre a possibilidade de ter Lugano de volta ao São Paulo em 2018, Raí desconversou, mas não descartou. "Não conversei com ele sobre isso e não sei quais são as intenções dele. Mas é uma pessoa que sempre vai agregar e que vai ser bem-vinda em qualquer discussão", disse o diretor.

Raí busca resgatar a "identidade" tricolor, como disse em sua apresentação, e acredita que formar uma equipe que independa da presidência ou da comissão técnica que esteja no momento é uma das formas de alcançar seu objetivo.

"Quando falo de criar uma identidade, uma das minhas crenças, que quero colocar no São Paulo, é a de formar uma equipe que seja independente da presidência e da comissão técnica que esteja no momento".