Diante de uma arquibancada praticamente lotada na Arena do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, a Seleção Brasileira venceu o Uruguai por 3 a 2 no Desafio Internacional de Futsal, neste domingo (20). Foi a primeira atuação da equipe nacional no ginásio da Rua da Bahia, com direito à estreia de um novo uniforme, todo na cor preta.

Xande abriu o placar para os visitantes, e o primeiro terminou com 1 a 0 no placar. Na etapa final, o craque Falcão fez o primeiro gol brasileiro, com um lindo toque de "letra". Leandro Lino virou o jogo para o Brasil, e Marcel ampliou a vantagem da equipe mandante. Já no fim do jogo, quando restavam apenas 52 segundos para o apito final, Xande aproveitou um erro de passe do Brasil para descontar e decretar o placar.

“É sempre um novo jogo, uma nova oportunidade. A gente não esperava que o Uruguai se portasse tão bem dentro da partida, mas eles fizeram isso, souberam jogar o jogo. A evolução é visível. Claro que é um momento de transição, muitos jogadores novos sentem o peso da camisa da seleção, mas a gente tem que dar essa tranquilidade para eles. É um momento normal de transição, eu espero fazer parte até o dia em que eu puder ajudar. Quando eu não puder ajudar, é abrir a oportunidade para outros jogadores”, disse Falcão, o mais assediado pela torcida e pela imprensa.

O Supermercados BH/Minas, time da casa, também esteve representado no Desafio Internacional. Artilheiro do time na temporada 2016 da Liga Nacional de Futsal (LNF), o ala Caio teve boa participação no confronto e disse ter gostado da própria atuação.

“Eu estou muito feliz, satisfeito. Estava havia dez anos sem vestir a camisa da seleção, a última vez foi quando eu estava com a seleção Sub-20 e disputei um amistoso com a principal. Hoje, eu consegui dar essa alegria aos meus familiares que estão aqui. Também representei o Minas, o que é muito importante. Foi o clube que me abriu as portas e me deu a oportunidade de estar na seleção. Estou muito feliz pelo dia de hoje”, declarou.

FICHA DO JOGO

BRASIL - Deivd, Nenê, Deives, Marcel e Leandro Lino. Entraram: Falcão, Rodrigo, Barbosinha, Pixote, Douglas, Jackson, Caio e Gadeia. Técnico: André Bié

URUGUAI - Fernández, Laurino, Fedele, Palleiro e Salguez. Entraram: Catardo, Xande, Tangari e Aldave. Técnico: Diego D’Alessandro

PÚBLICO - 3.157 torcedores