O pai das gêmeas Sophia e Beatriz poderá enfim estrear pelo Cruzeiro. Apresentado pelo clube celeste no início da semana, o lateral-esquerdo Edimar, de 30 anos, teve o nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e é mais uma peça disponível para o técnico Paulo Bento.

Contratado junto ao Rio Ave (Portugual), o capixaba retorna ao time que defendeu até 2006, nas categorias de base, com vínculo de duas temporadas. "Filho" de Cachoeiro do Itapemerim (ES) e com Curitiba no sobrenome, Edimar tentará ser protagonista na Raposa e, assim, ter Belo Horizonte eternizada na memória.

Emprestado pela Raposa ao Tupi (de 2007 a 2008) e logo depois ao Ipatinga, o jogador só se deu bem mesmo fora do Brasil. Na exterior, vestiu os uniformes do Braga, de Portugal (2009), Cluj, da Romênia (2011 a 2014), e Skoda Shanti, da Grécia (empréstimo entre 2011 e 2012), até chegar ao Rio Ave, também emprestado (2012 a 2014).

O jogador foi comprado pelo Chievo, da Itália, de onde saiu emprestado para o Córdoba, da Espanha (2015), até ser reemprestado ao clube português.

 

Confira uma análise de Edimar, publicada no site Futebol Planejado:

Edimar é um lateral esquerdo que apresenta razoável mobilidade. Trata-se de um jogador que busca realizar deslocamentos em direção ao campo de ataque, pelo fundo ou entrando pelo meio. Sua presença defensiva é importante, costumando realizar o fechamento de espaços junto ao zagueiro, avanços de marcação e tentativas de antecipação.

É importante nos momentos finais da fase defensiva. Pelo lado esquerdo da defesa, consegue realizar um trabalho interessante de apoio aos zagueiros. É um jogador que é agressivo nos desarmes, muitas vezes sendo faltoso. Seu trabalho defensivo é razoável e raramente compromete o equilíbrio da equipe.

Edimar participava também dos eventuais avanços de marcação realizado pela equipe do Rio Ave. Por possuir boa explosão razoável velocidade , o lateral-esquerdo consegue pressionar o adversário ainda no segundo terço do campo. Entretanto, não é um jogador extremamente ágil e sofre com adversários mais qualificados e situações mais rápidas nessa faixa do campo.

edimar

 

O lateral  costuma tentar se antecipar ao adversário. Para isso, também usa suas características de explosão e razoável velocidade. É um jogador que apresenta boa capacidade de intervir em bolas aéreas, principalmente aquelas oriundas de lançamentos longos. Edimar, no geral, apresenta uma capacidade defensiva interessante, nada mais que isso. Geralmente apresenta um nível bom de concentração, entretanto peca na falta de agilidade e na leitura do jogo.

Ofensivamente, Edimar mostra disposição. É um lateral que se oferece como opção para a construção ofensiva. Utiliza muito as tabelas curtas para ganhar espaço e realizar a passagem ao fundo. Seus cruzamentos não são dos melhores, entretanto é uma ação que Edimar realiza bastante, inclusive já na altura da intermediária.

Sem a bola, tem como gosto tentar o avanço também pelo centro. Entretanto não é um jogador que apresenta boa qualidade técnica para criar situações de perigo. Edimar costuma variar o repertório de passes. Ora executa passes verticais, ora passes simples e curtos, porém de nenhuma forma apresenta visão de profundidade e refino técnico.

Nas bolas paradas ofensivas, Edimar apresenta boa qualidade. Se com a bola andando não consegue ser regular nos cruzamentos, com a bola parada é um pouco mais efetivo. Normalmente busca um levantamento lateral com força e razoável curva.

Edimar é um lateral esquerdo com limitações técnicas. Suas qualidades físicas e experiência podem compensar os pontos de melhoria que apresenta. No Cruzeiro, nada indica que será uma peça preponderante dentro do elenco.

*Por Giovani Dalla Valle, administrador Especialista em Controladoria e Gestão Técnica do Futebol

edimar

Lateral-esquerdo Edimar curte folga com as gêmeas Sophia e Beatriz

Leia mais:
Provável reforço do Cruzeiro, lateral Edimar 'já perdoou' o astro Cristiano Ronaldo
Lateral Edimar assina contrato de dois anos com o Cruzeiro e pode estrear nesta quarta