"Na terça-feira, vamos jogar a temporada", reconheceu o técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, que precisa levar o time à vitória com três gols de diferença contra o Wolfsbug, na partida de volta das quartas de final da Liga dos Campeões, depois de derrota de 2 a 0 sofrida na última quarta-feira, na Alemanha.

"Tenho certeza que o público vai nos apoiar. É um jogo importante, e a torcida gosta disso. Eu também gosto de desafios. Temos um segundo jogo pela frente e gosto da ideia de ter uma dificuldade a mais", avisou o ex-craque francês, em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira.

Se o Real for eliminado pelos 'Lobos', passará a segunda temporada seguida em branco, algo impensável para padrões do gigante 'merengue'.

"Meu cargo está em jogo o tempo todo. Quando sou colocado numa situação como essa, conheço as regras. Se eu tivesse algum problema com isso, não teria entrado nessa", lembrou.

"Estou bastante tranquilo com isso. O que me deixa animado é o que faço no dia a dia, para tentar melhorar e fazer com que o time melhorer. Sei que posso ser mandado embora se perdemos dois jogos, uma competição, faz parte", enfatizou.

O Real de 'Zizou' foi do céu ao inferno em menos de cinco dias, com a euforia da vitória por 2 a 1 no clássico de sábado contra o Barcelona, em pleno Camp Nou, e a desilusão pela derrota na Alemanha.

"Sabemos que fracassamos, mas prefiro lembrar das coisas boas que fizemos ultimamente. Não vão se apagar de repente, só por causa de um jogo. A vitória sobre o Barça não me subiu à cabeça, e, da mesma forma, não vou ficar louco por causa da derrota na Alemanha. Estou focado no meu trabalho e os jogadores também", afirmou o francês. 

Benzema e Varane esperados na Champions
Ao ser perguntado sobre a péssima atuação do lateral brasileiro Danilo, escalado no lugar de Carvajal contra o Wolfsburg, Zidane fez questão de lembrar que "assume toda a responsabilidade".

"Todo mundo jogou mal, não apenas Danilo. É fácil apontar o dedo para uma pessoa ou outra", reclamou o treinador. Zidane também falou sobre a situação dos compatriotas Raphael Varane e Karim Benzema, que não entrão em campo neste sábado, contra o Eibar, pelo Campeonato Espanhol, mas devem estar recuperados para o duelo contra os 'Lobos'.

"Os dois vão treinar a parte do grupo no sábado. Karim ainda sente dores pela pancada que recebeu na quarta. Ele Rapha também vão fazer trabalho individual para poder voltar na terça", explicou o técnico.

Além de Varane e Benzema, o zagueiro Sergio Ramos também desfalcará o Real contra o Eibar, por cumprir suspensão da expulsão contra o Varça, assim como goleiro Keylor Navas e o meia croata Luka Modric, que serão poupados.