O Brasil ganhou cinco medalhas no segundo e último dia do evento-teste do judô, disputado na Arena Carioca 1 sem a presença da elite da modalidade no País. Na categoria até 81kg, o ouro foi para o jovem Eduardo Santos, de 21 anos, vice-campeão pan-americano sub-21 em 2014.

Para ficar com o ouro, ele venceu na final o também jovem japonês Toshimasa Ogata, responsável pela eliminação do brasileiro Rafael Macedo, campeão mundial júnior há dois anos. As duas medalhas de bronze da categoria ficaram com o Brasil, com Edu Ramos e Igor Pereira, que respectivamente venceram o brasileiro Iuri Rocha e o francês Nicolas Chilard.

No feminino a disputa foi na categoria até 63kg. O ouro ficou com Kaho Yonezawa, do Japão, enquanto Bekky Livesey garantiu o bronze para a Grã-Bretanha. Os dois bronzes ficaram com o Brasil, com Érika Ferreira e Jéssica Santos.

O evento-teste do judô contou apenas com duas categorias masculinas e duas femininas, cada uma com no máximo oito atletas. Como não valia pontos para o ranking mundial, num ano de calendário apertadíssimo, nenhuma seleção mandou força máxima ao Rio. Além do Brasil, também participaram Japão, Grã-Bretanha, Alemanha, Hungria e França, num total de apenas 15 estrangeiros.