Após o anúncio, feito na manhã desta quinta-feira (3), dos 23 jogadores convocados para os próximos compromissos da Seleção Brasileira pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia, o técnico Dunga participou da tradicional coletiva de imprensa para responder aos questionamentos dos jornalistas sobre alguns jogadores que foram chamados.

A principal surpresa da convocação foi a opção de Dunga em não chamar o goleiro Jefferson, do Botafogo, que vinha sendo lembrado pelo treinador desde que reassumiu o cargo em 2014. Apesar do ditado “Um grande time sempre começa por um grande goleiro”, Dunga parece não ligar para dar uma grande rotatividade na posição que normalmente é tratada como de confiança.

“Futebol é momento, por isso estamos dando oportunidade para vários goleiros, sempre conversando com o Taffarel. Também sempre que podemos mesclamos as idades. Desta vez fizemos a escolha pelo Diego Alves, Marcelo Grohe e Alisson, pois acreditamos que são os que estão em melhor momento”, explicou o treinador.

Além disso, Dunga fez questão de deixar as portas abertas para o goleiro botafoguense no futuro. “Quando chamei o Jefferson na Série B não me questionaram tanto quanto agora. Dei a preferência para os três pois além do melhor momento, quero testá-los. Mas as portas estão abertas ao Jefferson.

Questionado por convocar Diego Alves que está voltando de uma lesão no joelho, e só fez três partidas desde que foi liberado para jogar, o treinador garantiu que isso não é um problema. “Ele fez apenas três jogos pelo Valência, mas deu para notar que o time mudou de comportamento desde seu retorno. Além disso, até a nossa apresentação ele terá mais quatro jogos para fazer e entrar em forma”, conclui Dunga.

O Brasil entra em campo nos dias 25 e 29 de março contra o Uruguai, em Recife, e contra o Paraguai, em Assunção. Com isso, os comandados de Dunga voltarão a vestir a amarelinha após um hiato de 128 dias. A última vez que a Seleção esteve em campo foi no dia 17 de novembro, vitória por 3 a 0 sobre o Peru.