Gary Neville começou mal a carreira de técnico no Valencia e havia conseguiu a recuperação com uma série de quatro vitórias seguidas. Neste domingo, entretanto, o treinador inglês voltou a ver seu time sucumbir. Jogando em casa, o Valencia levou 3 a 0 do Athletic Bilbao em partida válida pela 26.ª rodada do Campeonato Espanhol.

A derrota foi a primeira do Valencia com Diego Alves no gol. O brasileiro ficou nove meses afastado por lesão, voltou diante do Espanyol e, desde então, a equipe só havia vencido. Além de dois triunfos pelo Espanhol, também bateu duas vezes o Rapid Viena pela Liga Europa, num agregado de 10 a 0.

Neste domingo, o resultado pode entrar na conta do sistema defensivo do Valencia, que falhou três vezes em sete minutos. No primeiro gol, aos 28, Sabin recebeu sozinho na área, entre dois zagueiros, e cabeceou cara a cara com Diego Alves, que nem se mexeu.

No segundo, Dani Parejo, que marcava Muniain, caiu no chão de joelhos e deixou o atacante cabecear livre na cobrança de escanteio. Já no terceiro a zaga saiu jogando errado, o Bilbao recuperou e marcou com Aduriz.

Foi o segundo 3 a 0 do dia. O segundo sofrido por times de Valência. Mais cedo, o Villarreal também ganhou do Levante por este placar, com direito a um gol brasileiro, de Léo Baptistão. O centroavante recebeu na linha de fundo, deixou que o marcador passasse reto e bateu de bico por entre as pernas do goleiro.

Samu Castillejo fez o segundo e Adrian marcou o terceiro. Quando o placar já estava 3 a 0, David Navarro foi expulso e deixou o Levante com um a menos. O Villarreal, entretanto, não conseguiu transformar a vitória em goleada.

Com o resultado, o Villarreal foi a 52 pontos, em quarto, apenas a dois do Real Madrid. A equipe já tem 11 de folga sobre o Sevilla, quinto colocado, e se aproxima de assegurar a vaga na Liga dos Campeões. O Bilbao é o sétimo, com 38, enquanto o Valencia, com 31, aparece só na 12.ª colocação. O Levante está em penúltimo.