O presidente do Atlético, Daniel Neponucemo, garantiu, em entrevista à rádio Itatiaia, que o atacante Lucas Pratto permanecerá na equipe alvinegra para a disputa da Copa Libertadores.

Nas últimas semanas, o argentino recebeu uma proposta do futebol chinês de 15 milhões de euros (R$ 65,25 milhões), mas o valor não agradou ao clube, que pretendia receber 20 milhões de euros (R$ 87 milhões). Em caso de negociação, o Galo ainda é obrigado a repassar 20% do lucro ao Vélez Sarsfield-ARG.

“Sendo muito direto, o Pratto fica. Não negociei o Pratto. Ele é o um jogador muito responsável e sabe da importância de participar dessa Libertadores. Vieram propostas, mas enquanto não tiver solução para a saída do jogador, ou seja, sem ter outro atacante para repor, não tem sentido vender”, cravou Neponucemo.

Segundo o mandatário alvinegro, uma possível venda do centroavante iria prejudicar o planejamento da equipe para a disputa da Copa Libertadores.

“Não faz sentido, faltando dez dias para o campeonato, ter essa perda técnica, ser desclassificado e ter todo o nosso elenco desvalorizado. Chegaram propostas, mas ele não vai sair porque não tem como contratar um centroavante faltando uma semana (a estreia será no dia 17). Se tivesse um substituto, não tenho dúvida de que seria um bom negócio. Mas, não tendo, prejudicaria tecnicamente a equipe”, justificou.

Robinho

Neponucemo confirmou ainda que o Atético está, sim, tentando a contratação do atacante Robinho. O jogador de 32 anos deixou recentemente o Guangzhou Evergrande, da China.

A canadense Dryworld, nova fornecedora de material esportivo do Galo, também é parceira do clube na tentativa de contratar o “Rei das Pedaladas”. A relação de Robinho com o Santos, no entanto, ainda é um entrave.

“A única verdade é que estamos buscando um substituto para o Giovanni Augusto (meia, vendido ao Corinthians). Tivemos um contato com a procuradora do Robinho. Eu tenho amizade com o presidente do Santos, e sabendo da relação (entre o jogador e o clube que o revelou), o que o fizemos foi procurar a Drywolrd para ajudar o Atlético com dois ou três nomes de peso. O Robinho, não acertando a situação dele com o Santos, o Atlético está de portas abertas. Com certeza, temos a melhor proposta”, detalhou.

“A procuradora disse que o Robinho vai aguardar as férias, ele está com filho pequeno. Até a semana que vem, iria ver a situação com o Santos. Caso não fechasse, o Atlético seria a opção. Fizemos uma proposta muito interessante, mas vamos aguardar. Não quero passar por cima de ninguém. O que eu não gosto que façam comigo, eu não faço com os outros”, finalizou Nepomuceno.