Após a CBF autorizar, nesta quinta-feira (28), a disputa da Primeira Liga, por meio de novo comunicado publicado em seu site, Gilvan de Pinho Tavares, presidente da competição independente dos clubes e também do Cruzeiro, comemorou o reconhecimento da entidade maior do futebol brasileiro.

Na nota, a CBF informou que aprova a "realização de jogos amistosos entre os clubes participantes" da Primeira Liga. Fato que agradou o dirigente.

"É uma decisão sensata. A rodada de ontem (quarta-feira) da Primeira Liga e a rodada de hoje (quinta) é uma demonstração do sucesso da competição. E ficou tão evidente que a CBF não pode se colocar contra isso. Tinha Federação contra e a CBF decidiu em comum acordo com essas Federações não impedir algo tão importante, que é benéfico ao futebol brasileiro", disse o dirigente.

"O momento agora é de paz, de harmonia, já que nós conseguimos o objetivo alcançado mostrando que o torneio é bem organizado e que as datas não vão ferir e não vão atrapalhar os campeonatos da Federações e nem da CBF . E a CBF já está nos convocando para uma reunião para a gente definir tudo sobre a realização do torneio em 2017. Isso é uma vitória do futebol brasileiro", conclui Gilvan.