Além dos 25 reforços contratados na temporada, o Palmeiras contou com alguns jogadores das categorias de base em momentos decisivos, como Matheus Sales e Gabriel Jesus. Os garotos assumiram a condição de titular e, cheios de personalidade, foram fundamentais na conquista da Copa do Brasil. O técnico Marcelo Oliveira aprovou a postura dos garotos e espera um maior crescimento na próxima temporada.

"Já disse algumas vezes. Eu sou oriundo da base como atleta, cheguei ao Atlético-MG com 14 anos e comecei na base como treinador. Tenho uma satisfação muito grande em ver garotos crescendo. Esse ano subimos alguns, como Gabriel Jesus, que foi eleito a revelação do campeonato (prêmio dado pela CBF) e o Matheus Sales, que fomos buscar em uma emergência e jogou como se fosse um veterano", explicou o treinador, lembrando da atuação do volante na decisão da Copa do Brasil, contra o Santos, praticamente anulando o meia Lucas Lima.

O comandante palmeirense destaca a importância de contar com os garotos pensando no caixa do clube. "O futebol está muito caro e se consegue pinçar bons jogadores na base, ajuda muito o clube", analisou o treinador.

Além de Matheus Sales e Gabriel Jesus, o Palmeiras utilizou outros seis jogadores da sua base em partidas da equipe ao longo da última temporada: João Pedro, Nathan, Taylor, Juninho, Fábio e Jobson. E ainda chegaram a ficar no banco de reservas, mas não atuaram Gabriel Leite, Daniel, Augusto e Kauê.