Presidente e CEO da Toyota, Akio Toyoda anunciou nesta segunda-feira sua saída do Comitê Olímpicos dos Jogos de Tóquio-2020. Ele era um dos seis vice-presidentes da entidade. Deve ser substituído pelo presidente da Panasonic, Kazuhiro Tsuga.

De acordo com um membro do Comitê Olímpico, Toyoda teria se afastado do cargo por precaução para evitar possível conflito de interesses, uma vez que a organização dos Jogos de Tóquio-2020 vem buscando cada vez mais o apoio da comunidade empresarial local. Além disso, a Toyota é uma das principais patrocinadoras da Olimpíada.

Toyoda informou que pretende seguir tentando aproximar as empresas do Comitê Olímpico, mas com função somente do lado corporativo. "Decidi reorganizar minhas tarefas e intensificar meus esforços para apoiar a comunidade empresarial, com objetivo de realizar uma grande Olimpíada", afirmou.