Depois de ver sua incrível sequência de vitórias neste início de temporada ser interrompida no fim de semana, o Golden State Warriors mostrou que a derrota para o Milwaukee Bucks foi mesmo só um tropeço e voltou a ser o time avassalador que está fazendo história nesta edição da NBA. Na rodada de quarta-feira (16) da liga, atropelou o Phoenix Suns por 128 a 103, em Oakland.

O jogo marcou a volta do Warriors para casa após sete partidas viajando. Justamente na última delas, a equipe mostrou muitos sinais de cansaço e caiu diante do Bucks. Mas nada que tire o brilho deste início histórico de campanha de Stephen Curry e companhia, que venceram 25 das primeiras 26 partidas. Para se ter uma ideia do feito, o Chicago Bulls de 1995/1996, dono da melhor campanha da história da NBA (72 vitórias e 10 derrotas), teve 23 triunfos nos 26 jogos iniciais.

Se Curry é o grande astro desta campanha, ao menos na quarta quem brilhou mais intensamente foi Klay Thompson. Foram incríveis 27 pontos somente no terceiro período para o ala, que teve sua melhor atuação ofensiva na temporada, terminando com 43. Foi graças a esta atuação que o Warriors entrou no último período com 40 pontos de vantagem, tendo imprimido uma sequência de 67 a 23 para cima do Suns.

Mas Curry também viveu um bom dia, com 25 pontos e sete assistências, tendo acertado 10 dos 14 arremessos que tentou. Draymond Green ainda anotou um "triple-double", com 16 pontos, 11 rebotes e 10 assistências. Estes números foram obtidos apenas em três períodos, já que a facilidade do jogo fez com que os três, além de Andrew Bogut, sequer voltassem à quadra no último quarto.

Se o Warriors segue nadando de braçada, precisa ficar atento com o San Antonio Spurs, que também faz um incrível começo de temporada. Na quarta-feira, manteve a invencibilidade em casa ao despachar sem maiores problemas o irregular Washington Wizards por 114 a 95. Já são 22 triunfos para o time texano em 27 partidas, a segunda melhor campanha da liga.

Sem Tim Duncan, poupado, mais uma vez Kawhi Leonard foi o grande destaque do Spurs, com 27 pontos. Tony Parker marcou 10 e ainda deu 10 assistências. Pelo Wizards, Nenê foi desfalque novamente. Marcin Gortat e John Wall foram os cestinhas da equipe, com 20 pontos cada.

Se Spurs e Warriors são os destaques positivos da temporada, do outro lado tem o Philadelphia 76ers, que venceu apenas uma vez até o momento. Na quarta-feira, caiu fora de casa diante do Atlanta Hawks por 127 a 106. O brasileiro Tiago Splitter saiu do banco e marcou 10 pontos para os anfitriões.

Outro brasileiro que esteve em quadra na quarta foi Raulzinho. O armador do Utah Jazz saiu do banco e até teve uma boa atuação, com oito pontos e duas assistências, acertando os três arremessos que tentou, mas viu sua equipe cair diante do New Orleans Pelicans por 104 a 94.

Confira os resultados de quarta-feira na NBA:

Indiana Pacers 107 x 81 Dallas Mavericks
Orlando Magic 113 x 98 Charlotte Hornets
Brooklyn Nets 98 x 114 Miami Heat
Detroit Pistons 119 x 116 Boston Celtics
New York Knicks 107 x 102 Minnesota Timberwolves
Atlanta Hawks 127 x 106 Philadelphia 76ers
Chicago Bulls 98 x 85 Memphis Grizzlies
Oklahoma City Thunder 106 x 90 Portland Trail Blazers
San Antonio Spurs 114 x 95 Washington Wizards
Utah Jazz 94 x 104 New Orleans Pelicans
Golden State Warriors 128 x 103 Phoenix Suns
Los Angeles Clippers 103 x 90 Milwaukee Bucks

Acompanhe as partidas da NBA nesta quinta-feira:

Charlotte Hornets x Toronto Raptors
Cleveland Cavaliers x Oklahoma City Thunder
Los Angeles Lakers x Houston Rockets