Falcão está longe da melhor forma física, a idade avançada - 38 anos - já pesa, mas a genialidade de um dos maiores jogadores de futsal da história permanece intacta. E ele deu prova dela neste sábado. Justamente por conta de uma lesão, o ala permaneceu pouco em quadra na decisão da Libertadores, mas assinou uma obra de arte na vitória por 4 a 2 sobre Real Bucaramanga, que garantiu o título da competição e uma vaga no Mundial de Clubes ao Sorocaba.

Eliminado nas semifinais da Liga Futsal, pelo campeão Carlos Barbosa, o Sorocaba deixará a temporada 2015 com o título continental. O time paulista já havia vencido o jogo de ida por 5 a 1, na sexta-feira, e confirmou a superioridade com outra tranquila vitória neste sábado, em Itapetininga.

Apesar da vantagem, o Sorocaba foi para cima no início do jogo deste sábado e marcou logo de cara com Rodrigo, após belo passe de Betão. Fernando, pouco depois, arriscou de longe e fez o segundo.

Falcão estava no banco, se poupando por conta de um problema físico que o incomoda há meses. Mas foi à quadra após os pedidos insistentes da torcida, e não decepcionou. Com apenas alguns segundos em jogo, o craque recebeu na intermediária, notou o goleiro adversário adiantado e deu um toque de extrema categoria por cobertura para ampliar o placar.

Ainda no primeiro tempo, Pimpolho marcou o quarto e deu início à festa da torcida paulista. No segundo tempo, o Sorocaba relaxou e o time colombiano aproveitou para diminuir, com os gols de Angellot e Wilmar Ramirez, mas a reação parou por aí.