Se Sarah Menezes e Rafaela Silva falharam na tentativa de se recuperarem de uma campanha ruim no Mundial, Mayra Aguiar mostrou que a derrota precoce no Mundial de Astana foi só uma pedra no caminho. Neste domingo, a gaúcha ficou com a medalha de prata na categoria até 78kg no Grand Slam de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. Entre outras, venceu a francesa Audrey Tcheumeo, vice-líder do ranking mundial.

Campeã mundial em 2014, Mayra sofreu com lesões e só havia competido uma vez em nível mundial desde então, exatamente em Astana, onde falhou na conquista do bi. Assim, o Grand Slam de Abu Dabi foi a demonstração de que a gaúcha segue entre as melhores da categoria e o resultado de agosto não é regra.

Neste domingo, ela venceu a sul-coreana Mi-Young Choi (42.ª do ranking) e a britânica Natalie Powel (oitava) antes de encontrar Audrey Tcheumeo, a quem venceu na final do Mundial de 2014. Por um yuko, o resultado foi o mesmo do ano passado.

Na final, Mayra não teve a mesma sorte. Diante da holandesa, Marhinde Verkerk (sexta) de quem ganhou na decisão do bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, desta vez não repetiu o resultado e acabou derrotada no golden score. A brasileira tentou uma entrada, levou o contragolpe e foi derrotada por estrangulamento.

O outro representante do Brasil no tatame em Abu Dabi neste domingo foi Eduardo Bettoni. Reserva na categoria até 90kg, ele venceu o eslovaco Milan Randl (39.º) na estreia, mas depois perdeu para o astro grego Ilias Iliadis (nono). Sem pontuar bem, Bettoni segue atrás de Tiago Camilo no ranking olímpico e deve ver o veterano representar o Brasil na categoria nos Jogos do Rio.

Com esses resultados, o Brasil fechou a campanha em Abu Dabi com apenas duas medalhas de prata, uma campanha aquém do esperado. A seleção, afinal, viajou aos Emirados Árabes Unidos com os titulares de oito categorias. Sarah Menezes e Rafaela Silva perderam para adversárias inexpressivas nas estreia e Felipe Kitadai e Victor Penalber, candidatos a medalha em 2016, também não conseguiram subir ao pódio.