O Cruzeiro segue trabalhando forte nos bastidores visando reformular o departamento de futebol para 2016. Nos próximos dias, o vice-presidente de futebol do clube, Bruno Vicintin, deve iniciar as entrevistas com candidatos para assumir o cargo de diretor de futebol.

A ideia da cúpula estrelada é realizar uma espécie de “seleção empresarial” para definir seu novo homem forte do futebol. Os dirigentes pretendem fazer uma análise rigorosa dos nomes, com o intuito de não repetir o que ocorreu com Isaías Tinoco, recentemente demitido e contratado a pedido do então técnico Vanderlei Luxemburgo.

Tinoco ficou pouco mais de um mês no cargo e, sob intensa pressão da torcida, que não aprovou sua contratação, deixou o Cruzeiro. Agora, a proposta da diretoria azul é contratar um jovem arrojado, com perfil semelhante ao de Alexandre Mattos – atualmente no Palmeiras –, ou um profissional experiente, já aprovado pelo mercado.

Nomes como de Newton Drummond, com passagem pelo Internacional, e Gustavo Vieira de Oliveira, filho do ex-jogador Sócrates e ex-gerente do São Paulo, são especulados para assumir a função.

Gerente de futebol

Além do diretor, o Cruzeiro trabalha também na reposição do profissional para o cargo de gerente de futebol, ocupado antes por Valdir Barbosa, que seguiu para o Coritiba em agosto. Klauss Câmara, atual diretor das categorias de base, é o preferido para o cargo. Ele trabalhou com o Vicintin na base celeste e tem bom relacionamento com o vice-presidente celeste.

Mudanças

As mudanças no departamento de futebol vêm ocorrendo desde a efetivação de Deivid, então auxiliar de Vanderlei Luxemburgo, para auxiliar técnico permanente do clube. O ex-jogador, que integrou o time na conquista da tríplice coroa, na temporada de 2003, foi efetivado no cargo pouco depois da saída de Luxemburgo.

Rafael Vieira

Na última segunda-feira, o Cruzeiro fechou a contratação de Rafael Vieira. O profissional será responsável por avaliar o desempenho de jogadores da equipe celeste e de adversários. Especialista nessa função, Rafael trabalhou com Mano Menezes na Seleção Brasileira. Embora tenha sido indicado pelo treinador, assim com Deivid, ele fará parte da comissão técnica fixa do clube.

Na terça-feira, o clube confirmou que Emerson Ávila será o novo coordenador das categorias de base. Ávila estava a frente da equipe sub-20, que será dirigida agora por Marcos Valadares, conhecido como Marquinhos, que estava no Palmeiras.