A vitória de 2 a 0 do Cruzeiro sobre o Atlético-PR ainda não foi o suficiente para a China Azul reconquistar a confiança com o elenco do atual campeão brasileiro, mas serviu para os torcedores celestes terem uma noite mais tranquila de sono. Com os três pontos conquistados neste sábado (4), os comandados de Vanderlei Luxemburgo, que subiram para a 11ª posição, encerraram a sequência indigesta de três derrotas seguidas.

Mais feliz do que qualquer jogador ou torcedor cruzeirense estava o atacante Marinho. Reforço da Série B que chegou à Toca da Raposa nesta semana, ele entrou em campo no segundo tempo para fazer sua estreia e marcou o gol que confirmou a vitória. No fim do jogo, quando viu o árbitro marcar uma falta na entrada da área dos paranaenses, ele teve o nome gritado pela China Azul que queria que ele fizesse a cobrança. “O torcedor ainda não me conhece. Mas eu posso falar que vou dar sempre muita entrega. Estou muito feliz por essa estreia e pela confiança do professor. Quero ajudar muito esta equipe”, comemorou o novato.

Um dos melhores em campo, o uruguaio Arrascaeta marcou o primeiro gol e deu passe para o segundo. “É assim que tem que ser. Hoje fizemos uma boa partida. Fomos para cima e conseguimos a vitória. Ainda tem muito que melhorar, mas foi importante somar os três pontos”, resumiu o estrangeiro.

O técnico Vanderlei Luxemburgo, que na sexta-feira deu um grande puxão de orelha na reapresentação da equipe na Toca da Raposa, gostou da postura do time. “Ainda tivemos um pouco de nervosismo em função das cobranças. Mas depois que o time encaixou, nós tivemos o domínio. A equipe jogou bem. Acho que foi um bom jogo e agora temos a tranquilidade de fazer uma boa partida contra o Fluminense”, avaliou.

Sobre a boa estreia de Marinho, Luxemburgo preferiu manter os pés no chão. "Foi só uma boa estreia. Sei que vocês vão falar muito mas ele tem que enfiar a mão no buraco e pegar muita minhoca para pescar", brincou.