Ex-presidente e atual superintendente de futebol do Corinthians, Andrés Sanchez prometeu regularizar o pagamento dos valores dos direitos de imagem dos jogadores que estão atrasados até a próxima semana, mais exatamente no início do mês de maio. O dirigente participou de uma conversa com o elenco na semana e definiu a data. Todos os atletas aceitaram o novo prazo dado pela diretoria.

"O Andrés passou que seria tudo resolvido até semana que vem. Os jogadores têm conversado bastante com a diretoria, eles têm passado um pouco mais de tranquilidade. A confiança nossa na diretoria é muito grande, espero que possa resolvido o mais rápido possível", afirmou o meia Renato Augusto, confirmando o atraso.

Esse não é o primeiro adiamento proposto pela diretoria. Os dirigentes planejavam fazer o acerto no mês de fevereiro, no momento da eleição do presidente Roberto de Andrade, mas isso não aconteceu.

Seis jogadores possuem contratos atrelados aos direitos de imagem, que representam a maior parte da remuneração dos atletas: Emerson, Elias, Danilo, Guerrero, Ralf e Renato Augusto. Os atrasos para o pagamento dos dois últimos jogadores, por exemplo, já dura oito meses.

O Corinthians aposta na venda de espaços publicitários no uniforme para pagar os atrasados. O departamento de marketing se diz otimista para conseguir um acordo para estampar uma marca no ombro da camisa. O plano B são os empréstimos bancários.