A Caldense aposta na força ofensiva para largar na frente do Tombense, sábado, no estádio Almeidão, no jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro. Para isso, o time comandado pelo técnico Leonardo Condé terá o retorno do atacante Luiz Eduardo, artilheiro da Veterana na competição com seis gols, três a menos do que Leandro Damião, do Cruzeiro, maior goleador da competição.

Luiz Eduardo, porém, coloca a artilharia em segundo plano. “O foco agora é na classificação para a final”, destaca o jogador. Ele foi poupado contra o Villa Nova na última rodada da fase classificatória pois corria o risco de levar o terceiro cartão amarelo e ficar d e fora do primeiro confronto da semifinal.

Para o atacante, o bom momento é reflexo do trabalho executado desde o início da temporada. “É fruto de trabalho forte antes do campeonato. Os gols estão saindo e estou podendo ajudar a Caldense”.

Parceria

A artilharia da Caldense não se restringe ao titular Luiz Eduardo. O reserva imediato dele, Cristiano, fez gols antológicos, como na vitória sobre o Atlético por 1 a 0, e também vem se destacando no Mineiro. Ele já balançou cinco vezes as redes adversárias.

Os dois marcaram 11 vezes, quase 70% dos gols da Caldense no Mineiro (16). Tiago Azulão (2), Léo (1), Nadson (1) e Plínio (1) completam a lista de goleadores da equipe.

A Caldense já se encontra em “campo inimigo”. O time viajou na última quarta-feira (8) para Juiz de Fora, onde se prepara para o jogo em Tombos.