O técnico Marcelo Oliveira não escondeu a felicidade de poder contar com o atacante colombiano Riascos para a Libertadores. Após confirmada a negociação, o comandante celeste afirmou que a experiência do dianteiro poderá ajudar ainda mais o já qualificado elenco da Raposa. 
 
“O Riascos será um jogador muito importante. É um jogador que jogou fora de seu país, jogou na seleção, jogou competições importantes, como a Libertadores. É um jogador muito competitivo, que se movimenta muito. Era um desejo do nosso presidente, que também aprovei. Vai chegar para somar”, avaliou o dono da prancheta.
 
Outro estrangeiro que está na mira da Raposa é o jovem armador uruguaio De Arrascaeta. O time estrelado tenta atravessar a negociação do atleta com o Internacional e, por isso, Marcelo manteve cautela ao comentar sobre o futebol do jogador.
 
“Essa informação é tratada internamente. É um bom jogador, por isso tem o interesses de vários clubes, mas ainda não temos nada”, afirmou Marcelo.
 
Apesar de ter um elenco qualificado em mãos, o comandante afirmou que ainda faltam algumas peças para chegar ao que ele deseja. Segundo ele, será preciso repor as ausências de Egídio e Ricardo Goulart, que foram negociados, além de Dedé, que está fora da Libertadores devido a uma lesão no joelho. 
 
“A gente nunca diz que o elenco está fechado. Felizmente o Cruzeiro manteve a base do time. Alguns saíram por circunstâncias, como Egídio, Nilton e Ricardo. Perdemos também o Dedé, lesionado. Cabe ao comando técnico valorizar os que estão aí e, se possível, trazer jogadores para essas posições. Estamos bem servidos. Mas se tiver alguém, alguma oportunidade, vamos ver”, concluiu o treinador.