SÃO PAULO - Os confrontos da primeira fase da Copa do Mundo de 2014 e os possíveis caminhos das 32 seleções no mata-mata serão conhecidos no sorteio do dia 6 de dezembro, na Costa do Sauipe, no litoral norte da Bahia, a 76 quiômetros de Salvador.

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou nesta sexta-feira (1º) que serão gastos R$ 20 milhões neste evento. "Estamos investindo mais de R$ 20 milhões na organização do sorteio final, que inclui cobertura televisiva para o mundo inteiro, apresentação de artistas, infraestrutura tecnológica para milhares de representantes da mídia internacional, segurança privada e cenografia", escreveu o dirigente francês em sua coluna no site da entidade.

Ele exaltou a importância da ocasião, usando como exemplo a sede anterior. "A exposição midiática proporcionada pelo evento é uma oportunidade única para promover o país anfitrião. A sede do último sorteio de grupos da Copa do Mundo da FIFA, a Cidade do Cabo, recebeu um aporte de nada menos que US$ 6,1 milhões [cerca de R$ 13,77 milhões] relativos à cobertura da imprensa ao longo de um período de sete dias em 2009, além de ampla exposição internacional, com centenas de milhões de espectadores ligados em seus aparelhos de televisão ao redor do mundo", disse.

Valcke ainda revelou a presença de um dos grandes nomes do futebol, o ex-meia Zidane, premiado três vezes pela Fifa como craque do ano e autor de dois gols na vitória da França sobre o Brasil na decisão do Mundial de 1998. "Tenho o enorme prazer de confirmar que Zinedine Zidane completará o time de campeões presentes no sorteio, como um dos representantes dos oito países vencedores da Copa do Mundo."