O argentino Juan Martin del Potro se garantiu nesta quarta-feira (2) nas quartas de final do Torneio de Tóquio. Cabeça de chave número 1 do ATP 500 japonês e sétimo colocado no ranking, ele derrotou o compatriota Carlos Berlocq, número 45 do mundo, por 2 sets a 0, com um duplo 6/2, em 1 hora e 6 minutos.

Del Potro conseguiu duas quebras de serviço em cada set para garantir o seu triunfo, bem mais tranquilo do que o da sua estreia, na terça-feira, diante do cipriota Marcos Baghdatis, quando precisou de três sets para avançar.

"Eu joguei muito melhor do que ontem", disse Del Potro. "Eu saquei bem, meu forehand estava forte e eu consegui quebrar seu saque e ser agressivo. Eu tive o controle da partida o tempo todo, o que foi importante para mim".

Classificado para as quartas de final, Del Potro já conhece o seu próximo adversário. O tenista argentino vai encarar o ucraniano Alexandr Dolgopolov, número 39 do mundo. Nesta quarta, ele derrotou o sérvio Janko Tipsarevic, 23º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/2).

Já o francês Jo-Wilfried Tsonga foi eliminado nesta quarta. O número oito do mundo e segundo cabeça de chave perdeu nas oitavas de final para o croata Ivan Dodig, 34º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/5), em 1 hora e 25 minutos. Nas quartas de final, Dodig vai encarar o finlandês Jarkko Nieminen, número 44 do mundo, que venceu o polonês Michal Przysiezny (6/7, 6/4 e 6/2).

Ainda pela primeira rodada, o canadense Milos Raonic, número 11 do mundo, superou o japonês Go Soeda, 119º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/0). Vice-campeão no ano passado do Torneio de Tóquio, Raonic fez 24 aces na partida. Agora, ele vai enfrentar o francês Jereme Chardy, número 38 do mundo, que superou o japonês Go Soeda (6/4 e 7/6).