Depois de anos de rivalidade com o Sacramento Kings, Shaquille O'Neal adquiriu uma parte minoritária das ações da franquia da NBA e passará a ser um de seus proprietários a partir da próxima temporada. O ex-pivô conciliará a função com a de comentarista de em uma tevê norte-americana, cargo que já exerceu nos últimos dois campeonatos.

Shaquille O'Neal comprou uma pequena parte das ações do novo dono da franquia, Vivek Ranadive, depois de ter trabalhado como mentor do pivô DeMarcus Cousins, um dos grandes destaques do Kings na atualidade, durante esta pré-temporada. A apresentação oficial do ex-jogador como um dos proprietários da franquia acontecerá nesta terça.

Se passará a atuar em busca do sucesso do Sacramento Kings, O'Neal já foi o principal responsável pelas maiores decepções da história da franquia. No começo dos anos 2000, o Kings passou por uma de suas melhores fases, com nomes como Peja Stojakovic, Chris Webber e Vlad Divac, mas foi eliminado ano após ano nos playoffs. Em 2000, 2001 e 2002, o Los Angeles Lakers, que contava com Shaquille O'Neal em seu auge, foi responsável por essas eliminações.

Atualmente, no entanto, o momento do Sacramento Kings é bem diferente. Apesar de contar com bons valores, o time tem figurado sempre entre os piores da NBA e não avança aos playoffs desde a temporada 2005/2006. Já Shaquille O'Neal escreveu seu nome na liga norte-americana e é considerado um dos melhores pivôs de sua história, sendo campeão quatro vezes: 2001, 2001 e 2002 pelo Lakers e 2006 pelo Miami Heat. Ele ainda atuou por Orlando Magic, Phoenix Suns, Cleveland Cavaliers e Boston Celtics durante seus 20 anos na liga.