Apesar da vitória do governo, o placar que referendou a rejeição do processo que investigaria a denúncia contra o presidente Michel Temer foi pouco comemorado até agora no plenário pelos parlamentares da base aliada.

Mesmo já obtendo número suficiente de votos para barrar a denúncia, a votação segue no plenário. O presidente Temer já obteve votos suficientes para arquivar a denúncia por corrupção passiva apresentada contra ele pelo procurador-Geral da República, Rodrigo Janot.

Para barrar a denúncia durante a votação na Câmara dos Deputados que acontece nesta quarta-feira, Temer precisava de 172 votos, entre contrários, abstenções e ausências. O presidente, porém, já alcançou mais de 186 votos, sendo 172 contrários à denúncia, 13 ausências e uma abstenção.

Leia mais:
'Nossa instituição não persegue pessoas', diz Janot em evento em Brasília
Oposição não consegue votos suficientes e processo contra Temer é arquivado
Janot pede ao STF inclusão de Temer no inquérito do 'quadrilhão' do PMDB