A presidente Dilma Rousseff recebeu, com alívio, a informação de que a bancada do PT fechou questão e decidiu votar a favor da Medida Provisória nº 665. O governo espera que o texto seja aprovado ainda na noite desta terça-feira (5), como está, para evitar novas sangrias no ajuste fiscal. Para a quarta-feira (6), novas conversas e reuniões estão programadas.

Para manter a base mobilizada, o vice-presidente Michel Temer convocou os líderes dos partidos da base aliada na Câmara dos deputados para um café da manhã no Palácio do Jaburu. Os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e do Planejamento, Nelson Barbosa, também participarão do café da manhã. O governo quer manter contato direto com as lideranças e continuar conversando com todos para assegurar a aprovação da MP 664, aprovada hoje na comissão mista e amanhã irá para o Plenário da Câmara.