Autor de livros como "Olga" e "A Ilha", Fernando Morais afirmou que está pronto para se aposentar.

A declaração foi feita durante sua participação na 14ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) neste domingo (25).

Segundo Morais, o livro, em fase de produção, falará sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ao todo, o escritor tem dez obras publicadas.

A obra sobre Lula narra os bastidores de sua vida política entre a década de 1980 e o fim do segundo mandato como presidente (2010).

A previsão é que este livro, ainda sem título, seja lançado em 2015. "Fiz um acordo com a editora para que a obra não fosse lançada em ano eleitoral", afirmou Morais.

O projeto teve início há três anos, quando, segundo Morais, Lula finalmente aceitou a proposta do escritor feita desde o início do seu primeiro mandato.

Morais reuniu para esta obra horas de entrevistas com Lula feitas por ele mesmo e por outras pessoas, como Chico Buarque.

"Um dia Frei Betto me presenteou com 200 horas de entrevistas com Lula que ele tinha guardadas para outro projeto."

Amigo próximo e estudioso de Lula, Morais disse não acreditar na possibilidade de Lula voltar a concorrer ao cargo de presidente da República.

"Não há a menor possibilidade de isso acontecer", afirmou.

Para Morais, a presidente Dilma Rousseff deve ganhar as eleições deste ano já no primeiro turno.

NÃO VAI TER LIVRO

"Lamento informar que os dias do papel estão contados", disse Morais à plateia que o acompanhou neste domingo (25) no Theatro Pedro 2º.

Para ele, o livro como é feito hoje está com os dias contados e deve desaparecer ou pelo menos sofrer uma revolução, em um futuro próximo.

O custo para a produção é um dos motivos que levará a isto, segundo o escritor.

Outra questão é a facilidade de manuseio dos meios eletrônicos. "Não é preciso carregar um ladrilho de um quilo na mochila", disse Morais.