O governador de Pernambuco e provável candidato do PSB à Presidência em 2014, Eduardo Campos, reúne-se na noite desta segunda-feira (11), com as principais lideranças do agronegócio brasileiro em um jantar no hotel Renaissance, na capital paulista. O evento vai ocorrer após a gravação de entrevista de Campos para o "Programa do Jô", da Rede Globo.

O encontro foi organizado pelo ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e presidente do Centro da Fundação de Agronegócio Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas (GV Agro), Roberto Rodrigues. "Ele (Campos) me ligou e pediu o encontro, e eu enviei um convite para as lideranças", disse Rodrigues.

Entre os que participarão do encontro estão representantes da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), da Sociedade Rural Brasileira (SRB), do Conselho Superior do Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Cosag/Fiesp), além de entidades ligadas ao setor produtivo, como soja, milho, algodão, defensivos e insumos.

Na reunião, Campos tentará reverter o mal-estar causado pela entrada no PSB da ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. Após a filiação de Marina, uma das principais lideranças parlamentares do agronegócio, o deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO), fez duras críticas à coalizão e retirou o apoio a Eduardo Campos.