A Índia ganhou a aprovação da administração do presidente dos EUA, Donald Trump, para a compra de quase duas dúzias de drones de vigilância desarmada. O negócio é estimado em cerca de US$ 2 bilhões. A oferta ainda está sujeita a aprovação do Congresso.

O pedido recebeu a luz verde antes de uma reunião entre Trump e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi na segunda-feira (26). Modi planeja uma viagem de dois dias a Washington a partir de domingo (25). Sua visita vem em meio à incerteza sobre o relacionamento entre os EUA e a Índia por causa das diferenças no comércio e outras questões.

Trump se concentrou no alcance da China, rival estratégico da Índia, uma vez que Pequim tem mais proximidade para controlar a Coreia do Norte. Mas Washington e Nova Deli compartilham preocupações sobre o aumento da China como um poder militar.