Um empresário do Quênia, criou uma solução inusitada para evitar que maridos tenham o órgão genital cortado por suas mulheres: as cuecas de aço. Um acessório para ajudar a evitar a prática que vem ocorrendo na cidade de Nyeri, ao norte da capital do Quênia, Nairóbi.

Segundo a jornalista local Kathleen Wamuyu, a dependência do alccol é o motivo de muitos homens serem ameaçados de terem o órgão cortado pelas esposas, tendo relatos de maridos que foram vítimas do ataque, na maioria das vezes à noite, quando estão dormindo.

O problema do alcoolismo na cidade se deve ao custume cultural da fabricação e consumo de cervejas artesanais pelos próprios moradores, o que vem sendo combatido pela polícia do país, que ultimamente promove o aumento de apreensões das cervejas artesanais.

Para o parlamentar Kanini Kega, mesmo com as operações da polícia e as ações do governo com a criação de centros de realbilitação para dependentes, a situação está longe de ter um fim.