O presidente do Syriza [partido de esquerda], Alexis Tsipras, será formalmente designado hoje (26) primeiro-ministro da Grécia, conforme indicação do gabinete do chefe de Estado grego.

“Hoje, segunda-feira, Alexis Tsipras será oficialmente nomeado primeiro-ministro pelo presidente da República, Caroulos Papoulias”, informou um breve comunicado do gabinete.

Tsipras, 40 anos, líder da maior força política grega, conseguiu 149 lugares no Parlamento, não atingindo os 151 que lhe dariam maioria absoluta.

O Syriza é obrigado a formar uma coligação governamental, já anunciada pelos Gregos Independentes (nacionalistas, com 13 deputados no Parlamento), que aceitaram fazer parte do novo Executivo.

Líder dos Gregos Independentes anuncia coligação governamental

O líder do partido Gregos Independentes, Panos Kammenos, disse hoje (26), após reunião com Alexis Tsipras, vencedor das eleições de domingo (25), que “a partir deste momento há governo” na Grécia. “Os Gregos Independentes [direita nacionalista] ofereceram o voto de confiança ao governo”, acrescentou.

“Hoje Tsipras, líder do Syriza [partido de esquerda], vai se encontrar com o presidente [Caroulos Papoulias] e vai anunciar o governo”, disse ainda Panos Kammenos. “O objetivo é fazer com que os gregos avancem unidos para recuperar a soberania nacional”, afirmou o líder, à saída da reunião com o vencedor das eleições desse domingo.

O partido Gregos Independentes é a sexta força política do Parlamento grego, tendo conseguido 4,75% dos votos, o que se traduz em 13 deputados na assembleia. As reuniões para a formação de um novo Executivo começaram, depois de o partido antiausteridade Syriza ter conseguido 149 assentos parlamentares, ficando a dois lugares da maioria absoluta.

A primeira reunião organizada pelo partido vencedor foi com Kammenos, mas estão previstos encontros com o líder centrista do partido To Potami, Stavros Theodorakis, assim como com o líder do Partido Comunista, apesar de não se conhecer o calendário das próximas reuniões.

De acordo com uma fonte do Syriza, a intenção de Tsipras é prestar juramento ainda hoje e anunciar, na terça-feira ou no mais tardar quarta-feira, os nomes do novo Executivo.