RIADE, 11 Nov 2013 (AFP) - O governo da Arábia Saudita anunciou nesta segunda-feira (11) que um camelo acusou positivo no teste de coronavírus MERS, o primeiro caso de um animal infectado com este vírus que já matou 64 pessoas em todo o mundo.

Segundo o ministério da Saúde, o camelo pertencia a uma pessoa também infectada.

A fonte afirmou que trabalha em conjunto com o ministério da Agricultura e com laboratórios para isolar o vírus e comparar sua estrutura genética com a do paciente humano.

"Se o vírus detectado no camelo for idêntico ao de seu dono será um fato científico inédito no mundo e um caminho para identificar a fonte do vírus", afirmou o ministério da Saúde, citada pela agência de notícias SPA.

O coronavírus pertence à mesma família do vírus causador da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), que causou cerca de 800 mortes em todo mundo em 2003.