ESTOCOLMO - O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC na sigla em inglês) iniciou nesta segunda-feira (23) uma conferência em Estocolmo para apresentar um novo balanço e diagnóstico sobre o aquecimento global.

A organização, que reúne milhares de cientistas, revelará na sexta-feira, após quatro dias de debates, o primeiro volume de um relatório completo sobre as mudanças climáticas, suas consequências e os meios para combater o problema.

Este será o quinto relatório do painel desde sua criação em 1988.

O documento confirmará a responsabilidade do ser humano e a intensificação de alguns eventos extremos, segundo uma versão provisória do texto obtida pela AFP.

"As provas científicas da mudança climática se reforçam a cada ano, deixando poucas incertezas além das graves consequências", afirmou o presidente do IPCC, Rajendra Pauchi, durante a abertura da conferência em Estocolmo.

Em 2007, o IPCC gerou uma mobilização sem precedentes as respeito do clima, o que rendeu a atribuição do prêmio Nobel da Paz ao lado do ex-vice-presidente americano Al Gore.