NOVA YORK - O estado de Nova York suspenderá a carteira de motorista dos jovens que enviarem mensagens de texto enquanto estiverem dirigindo, segundo uma nova lei assinada pelo governador.

A suspensão será de 60 dias na primeira infração e de seis meses em caso de reincidência nos seis meses posteriores à primeira infração.

A lei se aplica apenas aos menores de 18 anos e aos novos condutores. O restante dos motoristas será punido com a perda de pontos na carteira.

Também será punido aquele que falar ao telefone enquanto dirige.

Segundo o governador Andrew Cuomo, a lei busca atacar uma prática "mortal" e um "problema crônico" na sociedade.

Um estudo publicado recentemente pela revista Pediatrics indica que 45% dos estudantes americanos do ensino médio admitem enviar mensagens de texto enquanto dirige. E essa prática está em constante aumento nos últimos anos.

Nos Estados Unidos, 69% dos motoristas de entre 18 e 64 anos reconhecem que realizam chamadas telefônicas enquanto dirigem, e 31% admitem que leem e-mails ou enviam mensagens ao voltante, segundo o Centro Nacional para a Prevenção de Doenças e Acidentes. O centro destaca que esse hábito é mais comum entre os americanos do que entre os europeus.