SÃO PAULO - A primeira audiência sobre o caso de Dzhokhar Tsarnaev, um dos supostos autores do atentado de Boston, foi novamente adiada de do dia 2 para o dia 10 de julho.

"A audiência foi adiada para o dia 10 de julho", informou o gabinete da juíza responsável pelo caso, Marianne Bowler, dizendo que o adiamento foi um pedido da defesa e da acusação para terem mais tempo de preparar o caso.

É a segunda vez que a audiência preliminar, inicialmente prevista para 30 de maio, é adiada. Dzokhar Tsarnaev, 19, é acusado de ter usado armas de destruição em massa e de destruição voluntária de bens com um artefato explosivo. Caso seja considerado culpado, pode ser condenado à pena de morte.

Segundo as autoridades que cuidam do caso, o jovem e seu irmão, Tamerlan Tsarnaev, 26 -morto em um confronto com a polícia- são os responsáveis pelo duplo atentado na maratona de Boston no último dia 15 de abril, deixando três mortos e mais de 260 feridos.